Blog do Quesada

Arquivo : junho 2012

No caminho do Corinthians, o carrasco Boca Jrs.
Comentários 42

Leandro Quesada

O Corinthians terá pela frente um time tradicional e histórico na Libertadores. E quem deseja o topo não pode se dar ao luxo de escolher o rival, mesmo. Assim, Boca e Timão decidem o título na final inédita.

O supercampeão argentino de Riquelme é o oponente corinthiano na grande decisão depois de eliminar a Universidad de Chile.

Seis vezes campeão da competição, em nove finais disputadas e muitos episódios importantes vividos no torneio sul-americano.

O Boca é o carrasco do futebol brasileiro na Libertadores. Das seis conquistas, quatro foram vencidas contra equipes do nosso país.

A primeira taça foi erguida contra o Cruzeiro, em 1977.

Em 2000, o Palmeiras caiu diante dos xeneizes.

Em 2003, o Santos de Robinho não agüentou e também perdeu dos argentinos.

2007 foi o ano da queda do Grêmio de Mano Menezes.

Detalhe histórico: o Boca venceu três na casa dos brasileiros. Duas no Morumbi e uma no Olímpico.

Nesta decisão, o Boca também decide na casa inimiga. O Pacaembu, a casa do Corinthians.

O campeão brasileiro poderá quebrar a escrita e vingar os brasileiros derrotados pelo clube de Buenos Aires.

20120622-005014.jpg


Corinthians encerra a sina e está na final da Libertadores
Comentários 28

Leandro Quesada

Depois de décadas, alvo de chacotas e piadas dos grandes rivais, o Corinthians chega à final da Libertadores, algo inédito na história deste centenário clube. A sina de fracassar na tentativa de disputar os duelos decisivos da competição está encerrada.

O Corinthians alcança a chance de conquistar o topo do futebol sul-americano com uma campanha invicta e incontestável. Até então, a única vez em que quase se classificou para a decisão foi em 2000, quando perdeu nos pênaltis para o Palmeiras na semi.

Na décima participação no torneio, o Timão apresenta-se de forma segura, consistente e pragmática. A defesa sólida é o ponto forte da equipe de Tite, enquanto o ataque faz o necessário.

Depois da “partidaça” na Vila no primeiro encontro, desta vez, no Pacaembu, o Corinthians foi pressionado pelo Santos. Na primeira etapa, a equipe se posicionou na defesa, fechando os espaços para Neymar e cia. Mesmo assim Neymar conseguiu marcar o gol santista na desatenção da defesa.

No segundo tempo, Tite mudou a postura, avançou o time e atacou o rival. Deu certo logo no inicio com o gol de empate de Danilo. Gol que gerou a tranquilidade ao time. Depois, o Corinthians dominou as ações, foi ao ataque e deu poucas chances para o adversário buscar a classificação.

Como disse Tite, o “primeiro passo” foi dado com a vaga garantida na final. “O título é a ambição” deste grupo corinthiano, completou o técnico.


Palmeiras terá novo patrocínio contra Grêmio
Comentários 25

Leandro Quesada

A empresa Max In Time estampará a marca no ombro da camisa palmeirense, nesta quinta-feira.

O clube receberá cerca de 100 mil reais para ceder este espaço.

A Max In Time atua na área de soluções em customização de camisas e calções de futebol, chuteiras e tênis. Ela personaliza as camisas dos times, coloca os nomes dos jogadores nas malhas e chuteiras.

Além do Palmeiras, Fluminense, Adidas e o Comitê organizador da Copa de 2014 são clientes da empresa.

20120620-190217.jpg


Corinthians x Santos: hoje sai o campeão da Libertadores
Comentários 1

Leandro Quesada

Eu não estou maluco, não! O vencedor do duelo desta noite no Pacaembu será o campeão da Libertadores 2012. Não vai aqui nenhum ato de vidência, mas a análise das forças das duas equipes comparadas aos semifinalistas da Argentina e Chile.

Hoje não é a final mas bem que poderia ser. Um jogo de semi com status de gran finale. Dois bons times, dois técnicos respeitados, torcidas apaixonadas e o craque Neymar.

Corinthians e Santos fazem um espetáculo histórico em São Paulo. O ganhador garante vaga na finalíssima da Copa Libertadores. Assim o peixe tentará pela quarta vez o título ou o Corinthians, pela primeira vez.

Boca Jrs. e Universidad de Chile não conseguirão parar nenhum dos paulistas na decisão do torneio.

O vencedor desta noite será o campeão da Libertadores.


O discurso entre as partes é dizer que Paulinho não sai
Comentários 19

Leandro Quesada

Grupo Pão de Açúcar, Banco BMG, Corinthians e Paulinho reforçam a retórica de que o jogador “não pensa em deixar o Corinthians”, “que o jogador não quer atuar na Rússia” ou que “o momento é de Libertadores e não para pensar em uma transferência”.

É compreensível que às vésperas de um jogo decisivo da Libertadores, com a chance de chegar à final, todos evitem um assunto que poderá causar problemas ao jogador em meio a disputa do torneio sul-americano.

O empresário Jorge Machado está em Moscou, acertando detalhes da transferência de Paulinho para o CSKA, depois da Libertadores.

O agente, que tem boa relação com os times da Rússia, foi destacado para defender os interesses do clube que oferece oito milhões de euros para levar o volante Paulinho.

Bernardo, empresário do jogador, esteve reunido em São Paulo com o técnico e o diretor de futebol do CSKA. Bernardo concordou com os valores oferecidos.

O negócio ainda não foi fechado pois os russos não acertaram ainda a forma de pagamento e ainda não enviaram o documento ao Banco Central brasileiro explicando a origem do dinheiro.

Uma proposta da Inter de Milão era esperada mas não chegou a ser concretizada. Assim, o caminho ficou aberto para os russos do CSKA.

Eu conversei com Paulinho no CT do Corinthians e ele disse que “com proposta ou não, a cabeça está focada na Libertadores”.

O discurso de Paulinho está afinado com o interesse maior do clube e da Fiel, a conquista da Libertadores pela primeira vez na história.


‘Chicão vai para o jogo’, diz médico
Comentários 9

Leandro Quesada

O entorse no tornozelo direito do zagueiro é “leve” me contou o dr. Julio Stancati.

O médico do Corinthians respondeu com muita convicção a minha pergunta sobre a presença de Chicão no duelo contra o Santos.

“Ele vai para o jogo. O entorse foi leve e não será problema”, avaliou Stancati.


Neymar é a vítima do futebol-marketing
Comentários 52

Leandro Quesada

Não é fácil para um jovem de 20 anos suportar toda a pressão de uma profissão que é acompanhada de perto por bilhões de pessoas no mundo todo.

Os jogadores de futebol hoje não são apenas atletas. Eles são celebridades, tratados como tal pela mídia e pelos paparazzi, protegidos por seguranças, se vestem com marcas da moda, usam carrões importados, freqüentam restaurantes e baladas famosas, fazem comerciais de TV e disputam espaços com artistas e cantores.

É óbvio que este cenário tira a concentração até do mais concentrado jogador. Com Neymar, a situação não é diferente. Ao contrário, o garoto de ouro da Vila é a vítima principal deste futebol-marketing que exige além de gols e dribles, a participação efetiva nos “compromissos” extra-campo.

O plano do Santos para mantê-lo no Brasil tem um preço alto. A agenda cheia que ocupa boa parte do dia de Neymar, às vezes atrapalha a vida profissional, a vida pessoal e afeta a performance do craque nos jogos.

Neymar tem sofrido com todas as obrigações do futebolista-celebridade da nossa era. Talvez tenha chegado a hora de diminuir as “tarefas” fora de campo com os inúmeros patrocinadores e focar um pouco mais na profissão. Por mais paradoxal que possa parecer, Neymar corre o risco de arranhar o “produto” que se cria ao redor dele, se a qualidade do futebol sofrer estes impactos negativos.


Paulinho diz que não deseja jogar na Rússia
Comentários 97

Leandro Quesada

O meio-campista do Corinthians revelou aos dirigentes do Corinthians que não “deseja” atuar no futebol da Rússia.

A negociação com o CSKA está bem encaminhada, com acertos financeiros definidos (oito milhões de euros), depois de uma reunião na capital paulista, entre os russos, o ex-jogador Bernardo e representantes da partes.

“Ele não quer jogar na Rússia, não quer sair do Corinthians”, afirma Roberto Andrade, diretor de futebol.

Hoje pela manhã, eu conversei com José Carlos Brunoro, diretor esportivo do grupo Pão de Açucar (dono de 45% dos direitos econômicos). Brunoro disse que há outras propostas do exterior, que a negociação com o CSKA “não está fechada” e que uma possível “transferência para o exterior será discutida só depois da Libertadores”.


Paulinho é vendido ao CSKA da Rússia por 8 milhões de euros
Comentários 551

Leandro Quesada

Um dos principais jogadores do Corinthians deixará o time depois da Libertadores. O assédio já era forte depois das boas atuações com a camisa do Timão que o levaram à seleção brasileira.

A Fiel torcida pode se preparar para o adeus em breve. Paulinho vai atuar na Rússia, palco da Copa de 2018. O destino é o CSKA, tradicional equipe de Moscou. A quantia de oito milhões de euros será paga pelos moscovitas, assim que o BC (Banco Central) receber o documento vindo da Rússia explicando a procedência do dinheiro para a transação ser, oficialmente, divulgada.

Do total dos direitos econômicos, 45% pertencem ao Grupo Pão de Açúcar, 45% ao banco BMG e 10% ao Corinthians.

O ex-jogador Bernardo representou Paulinho em uma reunião com os emissários russos em um Hotel, na cidade de São Paulo. O Pão de Açúcar e o BMG também foram representados no encontro.


A ‘partidaça’ do Corinthians na Vila
Comentários 67

Leandro Quesada

Emocionalmente equilibrado, seguro e firme no objetivo de vencer. O Corinthians mostrou isso e muito mais na Vila famosa: uma marcação incansável que parou o potente ataque do Santos. Vontade, disposição e preparo físico sustentaram a boa atuação.

A melhor defesa da Libertadores (2 gols sofridos em 15 jogos) impediu as investidas do melhor ataque (22 gols). E ainda fez um gol, marcado por Emerson

O sistema defensivo corinthiano foi implacável com o rival. Com lealdade na maior parte do tempo, a defesa de Tite não deu espaços para o Santos de Muricy Ramalho.

Ganso, fora de forma, errou passes curtos e não criou nenhuma jogada excepcional. Talvez por isso, Neymar pouco tenha produzido no duelo. Elano foi outra figura apagada na criatividade. A linha de passe, ponto forte do Santos falhou.

A bola não chegou até o garoto de ouro do peixe mas Neymar também não buscou alternativas. Neymar esteve disperso, cabisbaixo, cansado e nada brilhante no primeiro duelo da semi entre os alvinegros. Neymar decepcionou.

O Santos não estava inspirado, ao contrário do Corinthians que correu, lutou e transpirou muito

Emerson, Alessandro, Paulinho, Leandro Castan e Fábio Santos foram os destaques do Timão.

O Corinthians fez uma “partidaça” contra o Santos na Vila.